Livros | Delírio - Lauren Oliver

14:20

Delírio, livro #1
Autora: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Páginas: 352
Avaliação: ★★★★
Compre em: Americanas

Sinopse: Muito tempo atrás, não se sabia que o amor é a pior de todas as doenças. Uma vez instalado na corrente sanguínea, não há como contê-lo. Agora a realidade é outra. A ciência já é capaz de erradicá-lo, e o governo obriga que todos os cidadãos sejam curados ao completar dezoito anos.
Lena Haloway está entre os jovens que esperam ansiosamente esse dia. Viver sem a doença é viver sem dor: sem arrebatamento, sem euforia, com tranquilidade e segurança. Depois de curada, ela será encaminhada pelo governo para uma faculdade e um marido lhe será designado. Ela nunca mais precisará se preocupar com o passado que assombra sua família. Lena tem plena confiança de que as imposições das autoridades, como a intervenção cirúrgica, o toque de recolher e as patrulhas-surpresa pela cidade, existem para proteger as pessoas.Faltando apenas algumas semanas para o tratamento, porém, o impensado acontece: Lena se apaixona. Os sintomas são bastante conhecidos, não há como se enganar — mas, depois de experimentá-los, ela ainda escolheria a cura?.





Em Delírio somos introduzidos a uma sociedade que erradicou o amor por causa de seus sintomas e os riscos que eles trazem, por isso quando todos chegam aos 18 anos tomam a vacina que inibe o amor, essa é a idade que trás menos riscos a quem é vacinado, aqueles que sempre tiveram notas boas na escola vão para a faculdade e logo após se formar se casam com aquele que foi pareado logo após a vacina, se não a pessoa termina o ensino médio e semanas após já ocorre o casamento.

Lena, faz contagem regressiva para o dia que será vacinada, pois sua mãe se suicidou após três tentativas falhas da vacina e ela não queria sofrer e ter o mesmo fim. Mas no seu bairro há aqueles que curtem a vida fazendo várias coisas ilegais às escondidas, e na tentativa de tirar sua melhor amiga do perigo ela vai gostando desses momentos e também conhece Alex.

O livro que começa bem morno com cenas de ação meio sem sentidos, melhora muito quando a Lena acorda para vida e começar a fazer pequenas rebeldias sem querer querendo.

Para uma sociedade que bane o amor deliria nervosa, eles a estudam muito, passagens da Bíblia são meio que reescritas, Romeu e Julieta é leitura obrigatória na escola, todos tem tipo uma cartilha com efeitos do amor e afins (contorcidos até certo ponto), mas para o livro em geral isso fez todo o sentido para o final escolhido pela autora, que por mais que seja trágico é lindo, como disse a Lena sobre o seu ponto de vista sobre o casal mais trágico da literatura: Romeu e Julieta.

A leitura é bem agradável e não dá para imaginar o que nos aguarda para os livros seguintes, ao menos todos os elementos de uma boa distopia estão lá.

Leia também

3 comentários

  1. achei a historia muito interessante, essa visao sobre o amor é bem diferente dependendo da pessoa e a narrativa me parece agradavel com uma proposta diferente.


    otima resenha!!

    http://www.jacknuit.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Leiam,recomendo. Esse livro é perfeito. Teve uma hora em que eu não conseguia mais parar de ler. Esse livro me afetou de tal forma que eu lia me sentindo dentro da história, me sentia no lugar da Lena e com meu coração altamente acelerado um dos melhores livros

    ResponderExcluir
  3. Faz um tempinho que esse livro está na minha lista. Eu sou do tipo que muda de opinião toda hora sobre minhas vontades, e no momento estou "parece ser uma história legal, mas preciso de um incentivo a mais". Eu amo livros distópicos que incluem um bom romance, então acho que vou olhar com mais carinho para essa obra. XD

    Resenha | Os homens que não amavam as mulheres
    Blog | Paixonites Literárias Xx

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Críticas e sugestões são bem vindas!
Por favor deixe o link do seu blog nos comentários, sempre buscarei retribuir.

Leituras

Facebook

#Recomendo: Séries

Subscribe