Livros | Invisível - David Levithan e Andrea Cremer

15:22

Autores: David Levithan e Andrea Cremer
Editora: Galera Record
Páginas: 322
Avaliação:  ★★★
Compre em: Amazon
Sinopse: Stephen passou a vida do lado de fora, olhando para dentro. Amaldiçoado desde o nascimento, ele é invisível. Não apenas para si mesmo, mas para todos. Não sabe como é seu próprio rosto. Ele vaga por Nova York, em um esforço contínuo para não desaparecer completamente. Mas um milagre acontece, e ele se chama Elizabeth.
Recém-chegada à cidade, a garota procura exatamente o que Stephen mais odeia. A possibilidade de passar despercebida, depois de sofrer com a rejeição dos amigos à opção sexual do irmão. Perdida em pensamentos, Elizabeth não entende por que seu vizinho de apartamento não mexe um dedo quando ela derruba uma sacola de compras no chão. E Stephen não acredita no que está acontecendo... Ela o vê! (+skoob)
    
Queria dizer que por não ter lido a sinopse toda para embarcar na leitura o livro fugiu bem do rumo que eu esperava, eu só sabia que apenas uma pessoa podia enxergar o garoto invisível, e parava por aí.

Stephen nasceu invisível por causas a princípio desconhecidas, nem mesmo sua mãe podia ver ele e somente se ele se concentrasse muito alguém poderia tocá-lo, os eventos do livro ocorrem um ano após a morte de sua mãe em que o garoto vive às custas de seu pai no apartamento que morava junto com sua mãe.

Elizabeth é recém chegada à cidade e está buscando passar um tanto despercebida, pois onde ela morava antes teve sérios problemas com os outros criticarem a opção sexual do irmão, mas a primeira pessoa que ela vai ter contato na cidade é um cara que nem a ajuda a pegar as sacolas do chão, mas depois acaba se redimindo e eles até começam a se conhecer melhor.

Narrado pelos dois e com as mesmas fontes, parecia que o livro tinha uma voz só, muitas vezes eu ficava aguardando o "...Stephen disse" ou "...Elizabeth disse" para saber quem estava narrando. Os principais mistérios e o acréscimo da magia na história ocorreram um tanto cedo, portanto o desenrolar para buscar entender a invisibilidade renderam muito.

Invisível teve 300 e tantas páginas para quase voltar a estaca zero no desfecho, a leitura é super agradável e a 'magia' criada para o livro é de grande diferencial, mas estes outros problemas me deixaram bem chateada.

Leia também

17 comentários

  1. David já é um conhecido dos leitores que só leio resenhas repletas de elogios. Não conhecia muito desse livro e gostei da resenha ;)
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não costumo gostar muito de fantasias deste tipo, mas confesso que estou curiosa pra saber o porque do menino ser invisível! kkkk
    Beijinhos
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
  3. Estou doida pra ler esse livro, curto muito a escrita do David Levithan e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais curiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
  4. Gostei da proposta do livro. Eu geralmente fujo dessas coisas mais "irreais", como um garoto ser literalmente invisível hahaha Mas lendo a sua resenha percebi que tem toda uma mensagem a ser passada com essa história e fiquei bastante curiosa.
    Beijo

    www.blogrefugio.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Giovana, apesar desses contratempos que você citou eu vejo algo novo nesse livro, algo legal. Essa questão da invisibilidade...Nunca li nenhum livro assim. Parece que vou gostar e já estou participando do sorteio.
    Bjão.
    =)
    - Diego, Blog Vida & Letras
    http://blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Giovana!
    Não li ainda, porém achei o enredo bem interessante, um garoto invisível onde apenas uma garota o vê, é no mínimo inusitado e intrigante,
    “A minha vontade é forte, mas a minha disposição de obedecer-lhe é fraca.” (Carlos Drummond de Andrade)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  7. Oi! ^^
    Não conhecia o livro. Gostei da premissa, mas ainda não me convenci em ler. O fato de alguns detalhes não terem agradado.

    Beijussss;
    https://facebook.com/BlogMenteHipercriativa
    http://hipercriativa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Sua resenha está incrível, mas eu não leria só por ser do Levithan, eu li Um Dia, e não curti, então passo longe dele, desde então.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Eu ainda não li nenhum dos livros do David Levithan, mas, como dizem serem ótimos, tenho bastante vontade de lê-los. Vendo a resenha de Invisível, vi que o livro contém uma história ótima de ser lida! Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  10. Não li mais sem dúvida deva ser Mara.

    ResponderExcluir
  11. A vida do personagem e bem solitária e sofrida espero que mude ao conhecer a Elizabeth e ver como se desenrola o relacionamento dos dois interessante a historia dos personagens e suas vidas .

    ResponderExcluir
  12. Fiquei imaginando por um longo período como seria um bebe invisível que nem apropria mãe vê, isso para mim foi frustrante, senti uma gastura enorme. Acredito sim que vou gostar do livro, afinal preciso entender todo esse mistério da invisibilidade e o porque ele se concentrou tanto a ponto de uma vizinha somente o vê.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  13. David Levithan é maravilhoso! Estou muito ansiosa pra ler "Invísivel" <3

    ResponderExcluir

  14. Eu curti a estoria, flui bem e é diferente, o toque de magia dá um gosto especial a trama. Adorei o irmão da Elizabeth, o Laurie. Apesar do sofrimento pelo que passou, ele é um fofo e engraçado.

    ResponderExcluir
  15. Falou de David Livthan eu ja gosto!
    Esse livro está entre os meus desejados, achei mto interessante a sinopse e a resenha me deixou ainda mais curiosa. Acho que lendo aqui deu pra entender melhor do que o livro trata e como gostei da historia.
    A capa está mto linda, adorei essas cores!

    ResponderExcluir
  16. Puts, parece muito louco.! Adoraria ler para ver como o autor encaixou uma vida ''normal'' a uma pessoa invisível. Me deixou curiosa pra saber como a mãe e o pai souberam de sua existência, etc. Quero leeeeerrr!!11

    ResponderExcluir
  17. Sempre vejo muitas resenhas sobre os livros do David Levithan. Todas sempre falando muito bem.
    Quero muito começar a ler esse autor, só falta oportunidade.
    Essa capa é linda e a história parece prender o leitor.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Críticas e sugestões são bem vindas!
Por favor deixe o link do seu blog nos comentários, sempre buscarei retribuir.

Leituras

Facebook

#Recomendo: Séries

Subscribe