Séries | Mozart in The Jungle

14:30

Comecei a ver Mozart in The Jungle por duas questões: nome sugestivo e Gael García Bernal, mas me apaixonar pela série não estava nos objetivos, muito menos bater de cara com um personagem tão incrível chamado Rodrigo de Souza, de nacionalidade duvidosa e sotaque maravilhoso.
Sinopse: A história acompanha a vida de dois personagens que estão em pontos opostos de suas respectivas carreiras. Um deles é Rodrigo (Gael Garcia Bernal), ex-prodígio que está no auge de sua carreira. Ele se torna o regente de uma orquestra sinfônica de Nova Iorque, onde ele precisa lidar com Thomas (Malcolm McDowell, de Franklin & Bash), um outro regente que já está estabelecido em sua profissão. A outra personagem é Hailey (Lola Kirke), uma jovem oboísta que está iniciando em sua profissão. Dividindo-se entre concertos clássicos e festas regadas à cocaína e sexo, ela questiona seu futuro.
Hailey toca oboé e dá aulas para conseguir sobreviver, quando descobre que a orquestra sinfônica de Nova Iorque abriu uma vaga para quem tocasse o instrumento é a sua melhor chance de subir na carreira, com alguns poréns, a sua sorte oscila muito: ela se atrasa, mas consegue, depois falha, mas depois de uns desabafos ela meio que consegue de novo.
"Nothing matters when you like music."
Rodrigo de Souza com um sotaque maravilhoso vindo de Deus sabe aonde, tem em seu vocabulário várias palavras em espanhol e italiano e uma paixão doida por chimarrão (sim chimarrão, se fosse frio seria terêrê), mas sua paixão maior é pela música, da qual ele a entende em todas as suas nuances, e encontrar alguém com uma paixão parecida (a Hailey) foi o marco para ela ser escolhida por mais que não saiba tocar perfeitamente.

A Hailey não foi muito recebida por certas pessoas da orquestra por ser tão jovem na área, do mesmo modo que o Rodrigo, mas já que ele era um prodígio foi bem aceito. Ao menos a Hailey teve o direito de trabalhar como assistente do Rodrigo para aprender sobre o mundo da música clássica de perto.
"The music is not in the notes but in the silence between them." (Rodrigo) 
Durante os episódios há tentativas inovadoras do Rodrigo em revelar para o pessoal o quanto profunda a música é, rendendo cenas muito maravilhosas. O companheirismo (vulgo pau para toda obra) de Rodrigo e Hailey é outra coisa maravilhosa, o desejo de todos é ter alguém te chamando do mesmo modo que o Rodrigo chama a Hailey, tenho certeza! O que primeiro aproximou os dois foi a paixão pela música e depois a honestidade.
Na série não tem nada relacionado à cocaína e sexo que seja explícito, de explícito ali só tem o amor pela música, outro ponto positivo da série é a trilha sonora, que junto com as clássicas tem as de fundo músicas latinas, no 2º episódio você já leva na cara uma música nacional, e ainda por cima um samba nem tão conhecido.
"The whole world is a stage."
Mozart in The Jungle é sobre paixão, boa música regada a muita realidade! Se a primeira impressão é a que fica, acho que Hailey fez um bom trabalho. Caso queiram ter mais um personagem para guardar num potinho e amar pela eternidade, venha conhecer Rodrigo de Souza!

Você que procura uma série curtinha, essa é uma boa pedida! Só tem uma temporada com 10 episódios de menos que 30 minutos e uma promessa de uma segunda temporada que virá não sei quando!

Leia também

0 comentários

Obrigada por comentar!
Críticas e sugestões são bem vindas!
Por favor deixe o link do seu blog nos comentários, sempre buscarei retribuir.

Leituras

Facebook

#Recomendo: Séries

Subscribe