Livros | Surpreendente! - Maurício Gomyde

13:42

Autor: Maurício Gomyde
Editora: Intrínseca
Páginas: 272
Avaliação: ★★★★★
Compre em: Amazon
Sinopse: Pedro Diniz tem um desafio e um problema pela frente.
O desafio: filmar um roteiro magnífico capaz de surpreender o público e conquistar o maior prêmio do cinema brasileiro. O problema: não ter ideia de como fazer isso.
Aos 25 anos, recém-formado, Pedro está convencido de que é um sujeito muito especial, que tem a missão de usar o cinema como instrumento para melhorar o mundo. Diagnosticado na adolescência com uma doença degenerativa que o condenaria à cegueira, ele contraria a lógica da medicina quando a perda de sua visão estaciona de forma inexplicável. Enquanto comanda o último cineclube de São Paulo e trabalha em uma videolocadora da periferia, Pedro planeja seu próximo filme, a obra que vai consagrá-lo. E, para animar as coisas, conhece a intrigante Cristal, uma ruivinha decidida, garçonete e estudante de física nuclear, que mexe com seu coração.
A perspectiva idealista de Pedro, porém, sofre sérios abalos. Atormentado por um segredo, ele parte com os amigos Fit, Mayla e Cristal numa longa viagem até Pirenópolis, em Goiás, a bordo de um Opala envenenado. Com câmeras nas mãos e espírito de aventura, a equipe técnica improvisada está disposta a usar toda a sua criatividade na filmagem feita na estrada ao sabor de encontros inesperados e de sentimentos imprevisíveis. E o jovem cineasta descobre que, quando o destino foge do script, nada supera o apoio de grandes amigos.
  
Pedro Diniz é um recém formado na área de cinema e sua paixão pela sétima arte é muito maior do que sua sorte na área, pois recebeu um balde de água quando era criança em uma produção de um curta da escola, mas ele seguiu firme na área mesmo tendo um leve problema na visão, que poderia ser pior caso ele não fosse uma anomalia da medicina e seu problema não tivesse parado. Na sua nada mole vida ele trabalha no restaurante com seu pai e de atendente numa locadora em dias alternados (à la Tarantino) e tenta deixar vivo o último cineclube da maior cidade do país.
"-Mas se o trabalho de um cineasta é fazer as pessoas acreditarem nas coisas quase impossível de serem provadas, taí um desafio fascinante, não?
-Tento fazer a minha parte, falo sobre aquilo em que acredito.
-E no que acredita exatamente?
-Acho que o cinema, a música boa e a literatura são instrumentos da Santíssima Trindade para salvar o ser humano da derrota como espécie.
-Como assim?
- O Pai é a música. O Filho, a literatura. E O Espírito Santo tem uma câmera na mão e uma ideia na cabeça."

É claro que o cara tem seu objetivo de vida, que é ganhar o principal prêmio de cinema do país mesmo não tendo a mínima ideia de como fazer isso, pois nessas horas nem uma ideia mirabolante ele consegue ter. Só que uma mistura de bons eventos (conhecer uma ruivinha de olhos verdes) e maus eventos (enfrentar uma briga e um assalto) muda sua vida tão drasticamente que ele larga de mão o que já tinha e busca respostas enquanto grava algo numa roadie trip.

Qual a melhor forma de fazer uma roadie trip para gravar seu filme sem roteiro? Vá sem querer querendo com seus amigos em um carrão velho turbinado. No time tem seu melhor amigo (Fit) que também é o melhor editor, sua melhor amiga (Mayla) que é a menina mais criativa da região e tal ruivinha de olhos verdes (de nome Cristal) estudante de física nuclear que pode ser útil para explodir coisas ou não. E como conseguir fazer algo diferente na estrada para gravar? Seja você mesmo, com muita pressão da realidade em cima de você, o que vier de brinde será surpreendente.
"-A vida real é como o jogo da velha, Cristal. Quando os jogadores aprendem seus segredos, o resultado sempre dá velha.
Cristal manteve silêncio por algum tempo, parecendo absorver a tese. Em seguida, refutou:
-Mas sempre haverá a chance de você conseguir uma jogada realmente surpreendente, aquela que ninguém jamais tentou. E não se esqueça de que, dependendo do momento, o adversário até pode querer ser surpreendido..."
O livro é de capítulos curtinhos que o deixa bem dinâmico, a sua edição tem um cor de azul maravilhoso que ficou com um belo contraste com as folhas claras em papel polen. Surpreendente! é cheio de diálogos que se fossem em um filme que você estivesse vendo em casa, daria uma pausa a cada belo diálogo sairia para tomar um copo de água para refletir algo tão belo, anotaria para pintar na parede e depois voltaria para ver o filme revigorado (fiz isso mesmo sendo um livro).

Os personagens da roadie trip são marcantes cada um a sua maneira e mesmo não entendendo muito de cinema, são amantes da arte e da natureza e amigos que topam qualquer parada. E os que entendem de cinema tem uma paixão enorme pela sétima arte.
"-Porque somos seus amigos. E se uma pessoa passar toda a existência sem fazer algo realmente excepcional por um amigo, a vida não terá valido a pena..."
Surpreendente! tem uma trama maravilhosa e surpreendente que me deixou nas lágrimas e com um sorriso no rosto com seu fim, indicado a qualquer amante de cinema e arte e suas referências, ou a qualquer um que ame uma roadie trip e companheirismo.

Leia também

8 comentários

  1. Oi Giovana!
    Não li sua resenha na íntegra porque estou com o livro aqui e quero preservar todas as surpresas para a minha leitura. Tenho muita curiosidade, pois só leio elogios sobre os livros do autor (e pelo que li da sua resenha, vc também tem vários a fazer, não é?)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que se surpreenda muito com a história pois adorei! ♥

      Excluir
  2. Olá! Já ouvir muitas pessoas elogiarem o trabalho do autor, mas até hoje não li nada dele,
    Beijos

    https://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não tinha lido nenhuma obra dele e a primeira que já li (essa) simplesmente adorei!

      Excluir
  3. Olá!
    Adorei a sua resenha e a vontade de ler o livro só aumentou. Essa capa é linda demais!
    Bjs
    EntreLinhas Fantásticas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei o tom de azul dessa capa! Espero que dê uma chance ao livro :)

      Excluir
  4. Oi, Giovana!
    Gente, tá pipocando resenha desse livro e eu aqui, chupando dedo sem nem ao menso ter lido nada do Maurício.
    Adoro cinema, por isso acho que vou curtir.
    Eu vi ali que você recomenda Baby Daddy. EU AMO <3 <3 Assim como Lizzie Bennet Diaries. Vi todos!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aproveita e lê esse mulher! Tem inúmeras referências a filmes famosos!
      Baby Daddy e Lizzie Bennet Diaries são amores né ♥

      Excluir

Obrigada por comentar!
Críticas e sugestões são bem vindas!
Por favor deixe o link do seu blog nos comentários, sempre buscarei retribuir.

Leituras

Facebook

#Recomendo: Séries

Subscribe