Livros | Triângulo de 4 Lados - Adelina Barbosa e Fernanda Medeiros

13:45

Triângulo de 4 Lados, livro #1
Autoras: Adelina Barbosa, Fernanda Medeiros
Editora: D'Plácido
Páginas: 320
Avaliação: ★★★★
Compre em: Livraria D'Plácido
Sinopse: Unhas mal pintadas de preto e camisas de bandas. Ela ama O Diário de Bridget Jones, chocolate, e a banda Misfits. Odeia trovões, lágrimas, e ser chamada de criança. Sara Alcântara tem 17 anos e, como qualquer garota de sua idade, tem um relacionamento de amor e ódio com a mãe, com seus estudos, e com a própria vida. Ama suas amigas, que são seu suporte, e sua base. Tira boas notas na escola, por obrigação, mas deseja ser artista, porque pintar é sua verdadeira vocação.
Até aquela paixão adolescente, platônica, ela possui. Ele tem nome, sobrenome, e grau de parentesco. Rodrigo Guano é seu primo, e sonho de consumo de toda a população feminina da pequena cidade de Santa Fé, onde moram. (+skoob)
Sara tem 17 anos e muitas paixões, uma pela arte, uma por Misfits, outra pelo O Diário de Bridget Jones e uma enorme por Rodrigo Guano, que é seu primo e principal garanhão da região, que a considera apenas uma priminha, então a melhor solução é fantasiar acordada e a qualquer momento do dia, pois sonhar é de graça!
O irmão mais novo de Rodrigo, o Brent tem uma paixão pela Sara e um modo calculista de se viver, porém não é correspondido, e aí que começa o triângulo amoroso nos modos do poema "Quadrilha - Carlos Drummond de Andrade" de ser. Brent amava Sara, que amava Rodrigo, que amava vai saber o quê e eu já te contei do Matheus?

Essa vida de crush da Sara, muda quando em seu aniversário quando ela e Rodrigo são francos e começam a sair às escondidas, pois sair com primos não é das melhores ideias de se contar para a família. Porém a sorte está favorável com a Sara e ela consegue uma bolsa para estudar arte em Paris durante as férias de meio de ano, mas ao voltar para sua terrinha as coisas estão bem diferentes e tome fita durex para consertar os corações.

Sara é uma garota gente como a gente no seu último ano escolar, com um grande crush para lidar e também as incertezas depois de conseguir aquilo que queria e ver outros dois caras incríveis gostando dela, eu adorava os capítulos narrados por ela, principalmente por conta de detalhes em forma de triângulo desabafando a tal situação, leria um livro só com aquelas notinhas que não sei porque me fazia lembrar a consciência da Lizzie McGuire (sim, a bonequinha desastrada). Claramente a narração da Sara é uma volta ao auge da adolescência.
Os mocinhos não são nada perfeitos, mas tem qualidades maravilhosas, principalmente o Brent e Matheus, o primeiro que sempre esteve ali para a Sara e para seus amigos e é um amorzinho de pessoa, mesmo sendo quieto e difícil de sorrir e o segundo que caiu no meio de um triângulo amoroso de paraquedas e enxerga tudo pelo lado de fora querendo estar dentro, e está aberto para dar conselhos como amigo ou futuro peguete. Rodrigo, Brent e Matheus também tem capítulos narrados por eles, em que não tem o recurso em forma de triângulo e apresentam o que estão vendo/sentindo de forma mais madura que a Sara.

Esse foi um triângulo amoroso que no fundo nem o leitor nem a Sara sabem que não dá para ficar perdido em quem escolher e que realmente tem um preferido para isso, eu sou #TeamBrent sem dúvidas! Aqui o romance e a admiração valem pelas pequenas coisas e ações, sendo que o beijo não é necessariamente tudo.

Todo o núcleo familiar e de amigos da Sara são pessoas que você adoraria conhecer, mesmo aparecendo pouco, o irmão dela e suas melhores amigas são donos de diálogos que com certeza já tivemos alguma vez na vida. Só fiquei sentindo um pouco de falta de uma conversa surtada sobre a viagem à Paris, já que teve uma dos preparativos.

A edição do livro tem bem poucos erros, e os recursos dos triângulos da narração da Sara e o início dos capítulos ter a silhueta do narrador deixou a edição uma graça, aliando com o crush que tenho com essa capa. Apenas quero um maior desenvolvimento do Matheus no segundo livro, pois adorei o jeito dele!


Leia também

28 comentários

  1. WEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE *_* QUE BOM QUE GOSTOU DO LIVRO!! <3

    ResponderExcluir
  2. Oi Giovana, eu não conhecia o livro, mas pela premissa deve ser muito divertido e dinâmico também. Ah, eu gostei da capa, fiquei curiosa sobre os personagens centrais e do desenvolvimento geral. Espero poder ler em breve.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem dinâmico sim! A capa é tão amor <3

      Excluir
  3. Oi Gio,

    A Capa desse livro é linda e caramba o Misfit é muito legal, e olha que eu nem curto muito Punk Rock. Achei tua resenha legal, a premissa do livro parece ser bem fofinha, mas é um pouco adolescente demais pra mim. Eu poderia até fazer essa leitura, mas não tenho certeza se iria curtir, pois ando num momento de leituras mais maduras.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu curto um Punk Rock mais levinho que Misfit :3
      O clima em geral não é tão adolescente quanto passa por conta do POV dos meninos!

      Excluir
  4. Olá.

    Já conhecia esse livro é tenho muita curiosidade pois parece ser bem divertido e gostos de ler. Foro essa capa que eta maravilhosa não eh mesmo? Lenda sua resenha percebi que os personagens são mais reias sabe odeio quando os livros trazem mocinhos perfeitinhos estraga totalmente a estória.

    Everton Equipe Rillismo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem gostoso de ler mesmo! Os mocinhos tem que ser perfeitos em suas imperfeições!

      Excluir
  5. Oi, ainda não conhecia o livro, mas me encantei pela arte gráfica e só o nome já dá aquela curiosidade positiva. Fiquei imaginando a família da Sara e quero muito ler para saber se vou querer conhece-los mesmo... rs
    Adorei a dica!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Gio!
    Eu acho a capa desse livro super linda. E essa premissa também me conquistou.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Não conhecia o livro, mas adorei a proposta e após ler sua resenha quis mais ainda.
    Adoro livros com dramas familiares e fiquei com vontade de conhecer esses personagens de pertinho.
    Ótima dica. Espero ler em breve.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  8. Oie! Eu dei umas boas risadas lendo sua resenha. Na minha adolescência di também tinha muitas paixões mas não vou contar quais pois algumas são vergonhosas. E acredita que minha primeira paixonite foi por km primo que só me via como priminha?!
    Entendo bem a Sarah.
    Pela sua resenha fiquei com muita vontade de ler o livro ele me pareceu bem divertida e nos remete a uma época bem gostosa da vida.
    Amei
    Bj

    ResponderExcluir
  9. Eu quero muito ler esse livro. Já o conhecia e a história me agrada bastante. Acho o enredo muito convidativo para a leitura e a capa está uma graça. Gostei de ver a tua resenha e até dei risada em alguns momentos, morri de rir com a foto onde tem um trecho que ela fala sobre a mãe e diz que só pode ser carma ou macumba kkkkk

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Não sou muito fã de triângulos amorosos em livros, séries e etc então costumo fugir desse tipo de livro.
    Mas até que essa história parece ser bem divertida de ler e chamou minha atenção.
    Fique curiosa para conhecer melhor sobre a personalidade de cada um dos rapazes e também a da própria Sara.
    Essa capa é realmente linda! A editora D' Plácido arrasa nesse quesito.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  11. Já fiquei com vontade de ler esse livro pelo título e capa, mas adorei saber um pouquinho dele pela sua resenha!
    Gostei de saber que os mocinhos não são perfeitos, isso torna a história mais real e próxima do leitor, bem legal isso.
    Espero que tenha mais desenvolvimento da trama no segundo livro, mas fiquei feliz que você tenha gostado.
    Fiquei bastante curiosa pra ler!
    Obrigada pela dica!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  12. Já tem algum tempo que tenho esse livro na minha estante, mas eu ainda não li.
    Uma das minhas colaboradoras está querendo resenha-lo, mas ainda não chegou para ela poder ler. Espero poder fazer a leitura do livro assim que tiver chance, porque me parece ser uma trama bem interessante. Gosto de livros desse gênero e por isso vou ver se leio assim que puder, porque agora tá para lançar o segundo vc viu? Espero que seja tão bom quanto o primeiro.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/05/resenha-orange-ichigo-takano.html

    ResponderExcluir
  13. Oi, eu amei a capa do livro. Não conhecia a editora, mas já ouvi falar no livro.
    Creio que a história não me conquistaria, eu até gosto de triângulos amorosos, mas esse eu vou deixar passar.
    Sua resenha foi muito sincera e significativa para mim, por isso eu acho que vou pensar no caso de ler esse livro.

    Beijos, Alice
    www.blogmixbooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Eu achei bem fofa a capa desse livro e apesar de se tratar de triângulo amoroso, fui com a cara desse livro hahahaha um pouco por sua resenha e um pouco pela capa. É uma leitura que eu farei em breve, quando estiver mais na vibe. Adorei a resenha! beijo!

    <3

    ResponderExcluir
  15. Infelizmente não tenho a menor paciência com triângulo amoroso... pior ainda nesse caso, que virou um quadrado, já que é a Sara com o Brent, o Rodrigo e o Matheus. Gostei menos ainda por ter primos da garota, e no caso irmãos, envolvidos nesse triângulo... essa coisa de relacionamento entre primos é algo que nunca entrou na minha cabeça por não ter nada a ver com a realidade da minha família. O fato de ter continuação também não ajuda muito... mas fico feliz que tenha gostado!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  16. Eu acho essa ideia de triângulo amoroso um pouco cansativa, mas fiquei curiosa para saber mais sobre a história e amei a diagramação do livro, amo quando ela fica assim, diferente!

    ResponderExcluir
  17. OI!!


    Ainda não li esse livro, e embora não goste de dramas adolescentes esse parece ser meigo e dramático, rs, retratando realmente os dilúvios de uma vida adolescente. Embora não curta triângulos amorosos esse pareceu diferente, afinal é tudo em família né? Leria com calma e tranquilidade esse livro, entretanto não ache que o mesmo tenha algum diferencial de outras obras. Beijos!!

    ResponderExcluir
  18. Olá, eu já tinha visto esse livro e de cara achei a capa muito linda e chamativa! e ver que a história é cativante e divertida já me anima muito para ir ler ele o quanto antes. Parabéns pela resenha, com toda certeza eu daria uma chance a ele se tivesse uma oportunidade breve!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  19. Oiii!!!

    Gi, estou com a obra aqui e espero ler em breve! A obra parece ser muito booa! não sou tão fã de triângulos mas tenho uma intuição de que será uma boa leitura.
    A d'placido tem uma diagramação linda! Assim que terminar a obra te falo o que achei!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  20. Que livro legal.
    Eu não o conhecia, mas achei a capa maravilhosa e a sinopse muito interessante.
    Já quero ler. *--*
    E essa resenha mara, com essas fotos. Adorei a criatividade da primeira foto.
    Me conquistou.
    Beijos
    http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?

    Achei a capa do livro bem bonita. Gostei mesmo.
    Mas não tenho certeza de ter entendido direito esse triângulo aí não. Me pareceu um pouquinho confuso, só um pouquinho.

    Mas gostei que a trama traz os conflitos comuns da adolescência. É bem comum mesmo, nessa fase, gostar de alguém que não gosta de você. Hahaha

    Bem, eu estou numa fase da vida na qual estou me interessando mais por livros com protagonistas mais velhas, mas com certeza esse seria um livro que eu recomendaria para qualquer adolescente.

    Parabéns pela matéria.
    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bem?
    Eu já vi esse livro por ai várias vezes, mas nunca parei para saber mais sobre ele. Bom, achei a premissa bacana, acho legal esses romances no modo do poema "Quadrilha", porque geralmente é assim que acontece mesmo, né? kkkkk Eu acredito que é uma leitura que me agradaria fácil e por isso fiquei animada e espero um dia ler.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  23. Olá, tudo bom?

    Gostei desse triângulo de 4 lados, rs. Já é difícil quando a protagonista tem que escolher entre dois personagens, imagina entre três? Acho que esse livro deve ser bem engraçado, né? "Só podia ser karma. Ou macumba" Ri muito nessa parte. Adoro romances envolvendo adolescente, pois são os mais loucos e inesperados. Esse então, nem sei como terminará, só sei que vou ter a difícil tarefa de escolher entre os três :(

    Sua resenha ficou ótima! Obrigada pela dica ;)

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Ola Gio eu confesso que evito livros com triângulos amorosos se não for bem trabalhado fica repleto de mimimi e acaba me tirando o prazer da leitura, por se tratar de uma leitura com esse tema no momento vou deixar passar a dica, mas fico feliz em saber que gostou e apreciou a leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  25. Oi Giovana,
    Que capa linda, não conhecia o livro mas já amei a premissa e já quero ler com certeza, apesar de não fazer parte do público alvo tenho uma alma juvenil e amo esse tipo de trama, fiquei super desejosa de saber o que mudou e como esse triangulo se desenrolou, espero poder conferir a história de pertinho o mais breve possível, valeu pela dica.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Críticas e sugestões são bem vindas!
Por favor deixe o link do seu blog nos comentários, sempre buscarei retribuir.

Leituras

Facebook

#Recomendo: Séries

Subscribe