Livros | A Rebelde do Deserto - Alwyn Hamilton

19:11

A Rebelde do Deserto, livro #1
Autora: Alwyn Hamilton
Editora: Seguinte
Páginas: 288
Avaliação: ★★★★
Compre em: Amazon
Sinopse: O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher.
Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele.
Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por revelar a ela o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir.
Amani tem um sonho/necessidade, que é fugir de Vila da Poeira em busca de uma vida menos pior. Ela vive em uma região que as mulheres são nada valorizadas, então ela tem que buscar uns trocados vestida de menino e é uma órfã vivendo na casa de seu tio, com altas chances de se tornar uma esposa dele, o instinto de sobrevivência fala bem alto.

A garota é uma atiradora bem acima da média e ela usa tudo o que tem para descolar uma grana em um torneio de tiros, lá ela conhece um forasteiro e o destino deles nessa terra de ninguém acabam se entrelaçando.

O instinto de sobrevivência dos personagens nesse livro são muito bons, Amani de um lado que tem que escolher viver ou ajudar alguém, ela é uma garota habilidosa e dona de uma força que foi moldada nessa terra arenosa com muita destreza, sua vida e seus incríveis olhos azuis são bem claros a qualquer um.

Jin, o tal forasteiro, é o mocinho que vem para você amar, tem uma mente bem mais aberta e dono de segredos que devem ser apoiados, um deles é o "norte" de sua bússola, que deu cenas muito boas na história, um oásis ideal por essas bandas, com pessoas donas das melhores almas do país, lugar que as mulheres dão um show de girl power e são bem queridas por tudo que são.

A ambientação cheia de pobreza e pó é muito boa, personagens, lugares e fatos ficam grudados na mente da mesma forma que o pó gruda na pele. Você sente os mesmos problemas que Jin e Amani e qualquer coisa que surja por aí, a imersão no mundo criado pela Alwyn é bem satisfatório.

O lado fantástico da história fica alternando entre histórias contadas e fatos vividos, coisa que eu gostei muito, as criaturas estão intercaladas com a religião deles, com direitos a variáveis dependendo de onde o narrador veio, por conta disso ficamos sabendo a criação do lugar e porque está daquela forma. A sobrevivência não está apenas na camada homem vs. homem e tem todo um misticismo por trás, que pode muito bem ser domado com algo de ferro e uns tiros de rifle só para garantir.

A Rebelde do Deserto é um ótimo início de série (ou trilogia?), com toda uma mitologia a se contar, um girl power de se aplaudir e um gostinho de rebelião que estou bem curiosa com as proporções que irá tomar!

Leia também

4 comentários

  1. Olá Giovana!
    Fiquei muito curiosa quando vi esse livro nos lançamentos, o que me desanima um pouco é o fato de ser uma série. Li Golem e o Genio e fiquei fascinada por toda a mitologia e A Rebelde do Deserto parece trazer um pouquinho disso.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas - Participe do nosso SORTEIO do ANIME FRIENDS <3

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha!
    Não conhecia o livro, mas a trama é pra lá de interessante!
    Rebelião e girl power num livro, tem coisa melhor?
    Adorei saber que a ambientação é tão boa que parece que impregna no leitor!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Ainda não conhecia esse livro e admito que nunca li nada centrado nesse conceito de 'girl power', porém acho interessante e gosto de me aventurar. Fiquei curioso para saber onde a história é ambientada exatamente, quer dizer, qual lugar a autora se inspirou para criar o lugar do pó.

    Abraços, Heitor Botti
    shakedepalavras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Hey!

    Eu já li muitas resenhas sobre esse livro, e até fiquei com vontade, mas tô meio preguiçosa pra começar séries e trilogias...

    Adorei a resenha.

    beijos,

    http://tordodemorango.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Críticas e sugestões são bem vindas!
Por favor deixe o link do seu blog nos comentários, sempre buscarei retribuir.

Leituras

Facebook

#Recomendo: Séries

Subscribe