[Review] A Court of Mist and Fury - Sarah J Maas

18:18

Corte de Espinhos e Rosas, livro #2
Autora: Sarah J Maas
Editora: Bloomsbury USA Children's
Páginas: 640
Avaliação: ★★★★★
Compre em: Amazon
Sinopse: Feyre sobreviveu as garras de Amarantha para voltar a Corte da Primavera - mas a um custo inesperado. Embora ela agora tenha as atribuições da Corte feérica, seu coração continua sendo humano, e não podemos esquecer os atos terríveis que ela realizou para salvar o povo de Tamlin. Feyre não havia esquecido de sua barganha com Rhys, grande e temido Lorde que navega em uma teia escura de política, paixão e poder deslumbrante, um verdadeiro tecedor de males. Feyre pode ser a chave para pará-lo. Mas só se ela for capaz de aproveitar seus dons angustiantes, curar sua alma angustiada, e decidir como ela deseja construir seu futuro. E o futuro de um mundo cindido em dois.

Resenha feita de forma totalmente livre de spoilers!

Coisas a se considerar em A Court of Mist and Fury e ver como o livro é incrível:
1 - Início
Feyre passou por maus bocados nas partes finais do livro anterior, no início vemos que a personagem não está inteira e nem consegue achar algo que a faça bem, foi um início muito necessário e real, preparando para o que ocorre posteriormente durante a história.

2 - Barganha ft Coisinhas a mais
Preparador para um futuro muito foda na trilogia e também dá uns momentos muito bonitos na história, principalmente depois de juntar as pecinhas, tem muita ponta amarrada nesse livro!

3 - Treta eminente
Quando dizem que a Amarantha era só um aperitivo do que estava por vir não era mentira, a treta é cabulosa! E quem está ajudando está merecendo uma surra, umas flores envenenadas, qualquer forma de tortura é bem-vinda.

4 - Rhysand
MELHOR PESSOA SEM DÚVIDAS
Apareceu pouco no livro anterior e para você ficar naquela: "Eu escolhi te amar", teve um desenvolvimento de caráter e de pessoa dele magnífico, tudo o que ele faz é muito bem pensado e sempre deixando pistas que nem Sherlock Holmes as vê! Como um senhor da Corte ele tem todas as características necessárias, o mesmo como um amigo, um amante e uma pessoa perdidamente apaixonada. Também é dono dos melhores segredos nas horas vagas.

A escala de definir como é uma pessoa é maravilhosa foi reformulada e é definida em:
Certo Fulano >>>> pré-sal >>>> abismo >>>> 1 >>>> mais de 8000 >>>> Rhysand

5 - Feyre
De uma 'ninguém' habilidosa a uma pessoa de extrema importância nos joguetes de Prythian. No início ela está quebrada mas vai se remendando durante a história, mostrando o quão forte e determinada ela é, ela vai defender a sua terra e todo mundo que ama ou se importa, ainda por cima ela tem todo o combo de habilidades para isso.

6 - Desenvolvimento de personagem
Sarah J Maas não desenvolveu e amadureceu apenas um personagem no livro, mas sim dois e de forma muito boa, muitos personagens não se desenvolvem em uma série inteira o equivalente ao que ela desenvolveu em um livro só, ainda por cima o temido livro do meio de uma trilogia. Porém um personagem teve um baita retrocesso e fica aquela dúvida se já tinha pistas que seria assim.

7 - Squad da Corte Noturna
Cassian, Mor, Amren e Azriel, uma cambada que você pode confiar numa luta, confiar seus segredos e uma ótima companhia para fazer amizades, dançar ou tomar um porre federal.

8 - O OTP
O flerte dos dois só não podem ocasionar a morte pois quando as pistas são reveladas e o famoso capítulo 54 é terminado você já está enterrado da tamanha beleza que acabou de ler. Se segurem cardíacos (para não morrerem), asmáticos (para não ficarem sem ar) e pessoas que tem pernas (para não levarem uma rasteira).

A escala de qualidade de flerte também foi redefinida:
1 >>>> a gente >>>> mais de 8000 >>>> a vida, o universo e tudo mais >>>> o OTP

9 - As Cortes
No primeiro livro conhecemos apenas uma Corte e ficamos sem saber de como que é regida, só que ela é cheia das florzinhas e é muito bonita. Mas aqui conhecemos outras cortes e o quão mais profundo é o sistema de Prythian, são valorizados outras formas de beleza mais "sazonal" e também como cada Grão-Feérico prefere trabalhar.

10[Bônus] - Uns Quotes legais (ignorando uns flertes maravilhosos):
"Você é minha salvação, Feyre"
"Eu não era um animal de estimação, nem uma boneca, nem um animal.
Eu era uma sobrevivente, e eu era forte.
Eu não seria fraca, ou impotente de novo, eu não iria, não poderia ser quebrada. Nem ser domada."
"... Porque você estava quebrando, e não podia achar outra forma de te salvar."
Então foi isso galera, essa foi a resenha fora do comum da vez! 

Leia também

3 comentários

  1. Sou apaixonada pela Sarah S2
    Li a série Trono de vidro até Herdeira do Fogo e Li Corte de Espinhos e Rosas. Agora, lendo a sua resenha, estou super curiosa com a continuação.

    Juliana.
    www.fabulonica.com

    ResponderExcluir
  2. Esse livro terminou de uma forma tããaao... não sei nem que palavra usar. Estou louca pelo terceiro volume.
    Ps. você lê livros em inglês, que invejinha. Meu inglês é razoável, não me sinto pronta para pegar um livro totalmente estrangeiro. Alguma dica?

    Blog | Paixonites Literárias Xx

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Críticas e sugestões são bem vindas!
Por favor deixe o link do seu blog nos comentários, sempre buscarei retribuir.

Leituras

Facebook

#Recomendo: Séries

Subscribe