Livros | Filho das Sombras - Juliet Marillier

14:42

Sevenwaters, livro #1
Autora: Juliet Marillier
Editora: Butterfly
Páginas: 615
Avaliação: ★★★★★
Compre em: Butterfly Editora
Sinopse: Filho das Sombras narra a história da jovem Liadan, que, tal como a sua mãe, Sorcha, herdou a habilidade de falar com os espíritos da floresta, os quais lhe segredam que ela deve permanecer, para sempre, em Sevenwaters, se quiser que as ilhas Sagradas sejam retomadas dos bretões.
A Irlanda está numa avassaladora guerra, onde um misterioso homem é temido e reconhecido
como um mercenário feroz. E, assim como sua mãe no passado, ela acaba por ser capturada e sente-se cada vez mais atraída pelo ser das sombras, apesar de saber da maldição da profecia que Seres da Floresta lhe preveniram...

Anos se passaram e agora é a vez de Liadan contar sua história, ela é a filha de Sorcha que tem mais semelhanças com ela, também é uma filha da floresta, curandeira e apaixonada por histórias, habilidades não tão aparentes em seu irmão gêmeo Sean, que tem uma grande conexão com ela e Niamh, que é a mais velha que fisicamente puxou muito ao pai e arrebata os olhares de quem a vê.

A união da família de Sorcha era uma coisa linda de se ler no livro anterior e quase um símbolo de que unidos tudo poderia dar certo, mas aqui a harmonia não está mais tão presente e a força de Liadan tem que ser grande para tentar manter tudo nos eixos. 

Uma empreitada dos vizinhos de Sevenwaters os fizeram conhecer a trupe do Homem Pintado, que são mercenários silenciosos de grande eficiência e depois desse primeiro encontro o destino deles estarão bem entrelaçados, fazendo Liadan passar por várias situações terríveis pois a Juliet Marillier não brinca em serviço.

A fama pode estragar as primeiras impressões, mas nada que um bom desenvolvimento não resolva a situação, e foi isso que aconteceu com a trupe do Homem Pintado, que vive em um regime exigente que garantem a eles a sobrevivência, mas todos tem seus sonhos e um código de honra respeitável e até possível de se admirar.

É triste ver a família de Liadan nem tão unida e a situação de Sorcha nesse livro, mas ainda bem que todos são donos de grande força para superar os problemas, esta força aliada a confiança nos outros, que garantem planos feitos sem mais explicações e sem a garantia de darem certo. Juliet Marillier realmente não tem dó de seus personagens e essa história consegue ser mais triste que a anterior, por amarrar acontecimentos das duas histórias em diversos pontos (leia: cutucando as feridas).

Mesmo sendo outra narradora central na história temos várias semelhanças, como o bom uso de histórias contadas verbalmente durante a história, que acrescentam ao universo criado, e a presença dos seres enigmáticos da floresta, a protagonista Liadan também consegue ser tão forte quanto Sorcha.

A realidade dos fatos encontrados nessa continuação permanecem me surpreendendo e amém que teve momento feliz na história!



Leia também

0 comentários

Obrigada por comentar!
Críticas e sugestões são bem vindas!
Por favor deixe o link do seu blog nos comentários, sempre buscarei retribuir.

Leituras

Facebook

#Recomendo: Séries

Subscribe