Resenha Dupla: Garota Tempestade ❖ Elle

17:38

Garota Tempestade (Jane True, livro #1)
Autora: Nicole Peeler
Editora: Valentina
Páginas: 280
Avaliação: ★★★
Compre em: Amazon
Sinopse: Mesmo tendo passado a vida inteira na pequena e conservadora cidade de Rockabill, Jane True, 26 anos, sempre soube que não se encaixava numa sociedade pretensamente normal.
Durante um de seus clandestinos nados noturnos no mar congelante, desafiando um perigosíssimo redemoinho, uma descoberta terrível leva Jane a revelações surpreendentes sobre sua herança genética: ela é apenas meio-humana.
Agora, Jane precisa penetrar um mundo de mitos e lendas, povoado por criaturas sobrenaturais, aterrorizantes, belas e até mortais. Características que também descrevem perfeitamente Ryu, seu novo “amigo” -- um vampiro poderoso, deslumbrante e hummm, aiii... muuuito SEXY. (+skoob)

Jane True talvez seja a cidadã de Rockabill que seja mais alvo de fofocas, sua mãe apareceu na cidade nua e conquistou o solteirão mais cobiçado da cidade, sumiu anos depois e Jane True foi acusada de estar envolvida no assassinato de seu namorado, sendo que ela foi vista salvando ele também sem nenhuma roupa, que nem sua mãe.

Basicamente apenas suas colegas de trabalho tratam ela bem, devido a todo esse material para fofocas. Porém Jane True tem um imã para acontecimentos estranhos e é aí que ela e o leitor são introduzidos à diversas criaturas sobrenaturais e que a vida dela não está tão segura assim.

Em Garota Tempestade os pontos positivos estão bem entrelaçados aos negativos. Ao contrário do que a capa oferece o livro é cheio de termos escrachados já de cara, que vão aparecendo menos conforme a história passa (basicamente só aparece depois em cenas mais ~calientes~), porém esses termos eu achava que poderiam serem melhores, pois soa como se a autora tivesse pegado apenas os termos que aparecem em dicionários, não uns mais urbanos.

As descrições só me atrapalharam, eu queria ficar pulando elas, pois não conseguiam me emergir nas situações, ou nas maravilhas que o vestido estava fazendo na Jane, esta que eu imagino que deveria ignorar totalmente a opinião fofoqueira dos vizinhos aos 26.

O squad das criaturas sobrenaturais é bem interessante, trouxe novidades para mim no quesito fantasia urbana e espero que sejam mais presentes do que o Ryu nos próximos livros. Garota Tempestade é uma boa pedida para leituras de uma tarde, se você se importa de que o livro foi lançado há três anos no Brasil e nada da continuação.
Elle: música, amor e amizade (Jack Rock, #1)
Autora: Aretha V Guedes
Páginas: 180
Avaliação: ★★★
Compre em: Amazon
Sinopse: Aos 14 anos, Elle tinha uma vida perfeita, com pais amorosos, lar feliz e seu vizinho e melhor amigo, Chris, por perto. Porém, em uma noite fria, seu amigo vai embora em busca de seu grande sonho: se tornar uma estrela do rock.
Quatro anos depois, quando uma tragédia os reúne, Chris, agora guitarrista da famosa banda Jack Rock, vai ao resgate de sua amiga de infância, que está crescida e não quer mais ser protegida.
Conseguirá a amizade de infância resistir à vida adulta, ou a busca de Elle pela independência a levará para outros caminhos?

Depois de uns elogios perdidos na blogosfera resolvi dar uma chance à trilogia Jack Rock, pois histórias com roqueiros tem seu valor!

Elle e Chris eram mega grudados quando crianças, sendo que a casa de Elle era um refúgio para Chris, devido seu pai ser um delegado casca grossa, mas essa vida de alguém sempre podando as arestas é parada quando ele foge de casa em busca de seu sonho: ser um rock star.

Quatro anos depois o sonho de Chris já está bem concretizado e uma tragédia na vida de Elle faz com que eles se juntem novamente, buscando viver a partir do ponto da amizade desses anos atrás. Porém Elle não é uma jovem que pode ser definida como dependente e o estilo de vida de Chris e seus colegas de banda não deixa a convivência tão fácil.

Dá para compreender os elogios sobre esse livro, a escrita é muito gostosa e quando peguei para ler só pude largar quando terminar, porém por ter apenas 180 páginas fiquei com a sensação de que a história poderia ter mais coisas rolando, não tem nada WOW na história.

O triângulo amoroso funciona, mesmo sendo meio desnecessário e uma das pontas chegar on fire já de primeira, mas ao menos a abordagem melhora depois. Gostei da personalidade da Elle, e entre alguns probleminhas com os carinhas, também gostei do jeito do Chris e do John, mas os personagens da banda em geral são bons!


Leia também

2 comentários

  1. Olá Giovana
    Chegou o Swonkie, uma plataforma de gestão de Redes Sociais onde consegues escrever e publicar os teus posts do Blog com análise de SEO e partilhar ou agendar em várias redes sociais em segundos. Consegues ainda ter as estatísticas das tuas publicações e acesso à nossa comunidade de Bloggers.
    Gostaríamos de te convidar a usar o Swonkie com o teu Blog.
    O Swonkie é o melhor amigo dos Bloggers, e desenhamos isto a pensar em Blogs como o Dei Um Jeito.
    A nossa equipa estará em Swonkie.com para te conhecer. Contamos então contigo :) ?
    P.S - Tivemos de entrar em contacto contigo porque não encontramos o teu email no blog.
    Até Já,

    Equipa Swonkie

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!
Críticas e sugestões são bem vindas!
Por favor deixe o link do seu blog nos comentários, sempre buscarei retribuir.

Leituras

Facebook

#Recomendo: Séries

Subscribe