[Review] Love & Gelato - Jenna Evans Welch

16:16

Autora: Jenna Evans Welch
Editora: Simon Pulse
Páginas: 256
Avaliação: ★★★★
Compre em: Amazon
Sinopse: Um verão na Itália se transforma em uma road trip na Toscana neste romance de estréia arrebatador, cheio de romance, mistério e aventura.
Lina está passando o verão na Toscana, mas não está no humor para o clima ensolarado e a vista de contos de fadas da Itália. Ela só está lá porque era o desejo de sua mãe pouco antes de morrer: que ela conhecesse seu pai. Mas que tipo de pai não aparece dezesseis anos? Tudo o que Lina quer é voltar para casa. (+skoob)
(tradução livre)

Descobri a existência do livro na votação do Goodreads para melhor romance YA de 2016 (não passou para as rodadas seguintes, mas sigo firme e forte), a razão para eu ter lido o livro é por ele se passar na Itália e querer ler algo mais fofinho para aprimorar o inglês. E é claro que Love & Gelato cumpre sua função.

Quando a mãe de Lina percebe que está chegando a hora de partir ela começa a contar histórias para sua filha sobre o tempo que passou na Itália, principalmente histórias que envolvia um tal de Howard. Seu último desejo é que Lina vá passar um tempo lá, e só no dia que ela embarca para a terrinha do Gelato que ela descobre que Howard não é apenas um velho amigo de sua mãe, é também seu pai.

A garota só vai para a Itália para cumprir a promessa, mas sem pretensões de curtir o tempo que passar por lá, ou estender a estadia por aquelas bandas, mas ela recebe de uma vizinha de Howard um diário de sua mãe de quando ela estava na Itália, que é a chave de ela entender o que aconteceu para ela nunca ter mencionado do lugar cheio de maravilhas, amor e gelato!

A chave para o livro ser um amorzinho é Howard e o Lorenzo, um meio-italiano-meio-americano que de cara já vira amigo da Lina para todas as horas e rolês numa scooter (para manter a média 10/10 de carinhas com scooter em ambientações italianas). Entre a jornada de Lina e os trechos do diário de sua mãe vemos vários projetos de dejàvu na história das duas, mas a presença dos dois camaradas mencionados acima dão um desfecho bem mais interessante para Lina.

Amém que os clichês que davam a entender que iam dominar a história no primeiro 1/3 do livro, vão se suavizando ao decorrer da história trazendo sua própria originalidade. O nível do inglês é bem de boa para quem não domina tanto a língua, com certeza está entre os mais tranquilos que já li nesse aspecto, há poucas frases em italiano, e menos ainda traduzidas, e me incomodou muito a falta de interesse da Lina em aprender a língua em um país que todo mundo fala a tal linguagem (eu colocaria o pé para fora de onde estivesse já com gravador e bloquinho de anotações para não perder nada!).

Leia também

0 comentários

Obrigada por comentar!
Críticas e sugestões são bem vindas!
Por favor deixe o link do seu blog nos comentários, sempre buscarei retribuir.

Leituras

Facebook

#Recomendo: Séries

Subscribe